6 dias em Foz do Iguaçu


As Cataratas do Iguaçu, foram eleitas em 2007, uma das 7 maravilhas naturais do mundo. E após visitar outra destas 7 maravilhas naturais do mundo, a Baia de Halong, no Vietnã, fiquei com muita vontade de conhecer as Cataratas do Iguaçu. Achei um absurdo, eu, que viajo pelo mundo afora, sempre que tenho oportunidade, ainda não conhecer este cartão postal brasileiro. 

Então, quando comecei a pensar onde passaria meu ano novo, logo lembrei de Foz do Iguaçu. Fiquei na cidade por 7 dias, entre 28 de dezembro de 2015 e 03 de janeiro de 2016. 

Foi uma viagem incrível. Adorei Foz e recomendo muito este destino, que atrai tantos estrangeiros para o Brasil e que ainda é desconhecido para muitos brasileiros.



1º Dia - Chegada e Free Shopping Argentino

Saímos de Bh por volda das 7h30 da manhã e fizemos uma escala em Curitiba. Nosso vôo chegou a Foz umas 11h30. Quando chegamos, a empresa ANV, que faria nosso transfer, já aguardava no lobby do aeroporto para nos deixar no hotel. No caminho até o hotel fomos fazendo a nossa programação com a ajuda da Guia. 

No pacote que adquirimos com a empresa de viagens, estava incluído, além das passagens aéreas e o hotel: os traslados em Foz (aeroporto-hotel-aeroporto), um passeio ao Free Shopping Argentino, o parque das aves, passeio à hidrelétrica de Itaipu e Cataratas do Iguaçu no lado Brasileiro.
Como neste primeiro dia não teríamos muito tempo para os passeios, optamos por almoçar com calma, descançar um pouco no hotel. Desta forma, só no final da tarde, por volta das 16h30 é que a agência nos pegou para irmos até o Free Shopping Argentino.

Chegamos ao Free Shopping às 17h e nos foi dado um prazo até às 19h para fazermos as compras. O free shopping é enorme e fica bem cheio. Ele tem uma boa variedade de produtos, mas com o dólar a R$4,00 e com perspectiva de aumentar ainda mais, não deu para comprar muita coisa. As únicas compras que fizemos foram dois champagnes para o reveillon, uma caixa do chocolate After Eight, que eu amo e que só é vendido em free shoppings e minha base da Estee Lauder, que não é vendida no Brasil.

2º Dia - Parque das Aves e Parque Nacional do Iguaçu (Brasil)

  Nosso segundo dia em Foz, foi um dos mais interessantes, porque conhecemos duas das melhores atrações da cidade. Começamos o dia visitando o Parque da Aves e adoramos. O parque das aves é incrível, porque além de muito limpo e organizado, ele fica em um ambiente de mata bem fechada, que dá a sensação de estar dentro da floresta. A impressão que tive é que apesar de estarem em cativeiro, estes pássaros têm muita liberdade. 

Tem de tudo por lá, araras, papagaios, macucos, tucanos, etc. o parque tem um bom tamanho e no caminho da nossa visita encontramos banheiros limpos, água potável e geladinha disponibilizada gratuitamente e lanchonetes muito bem organizadas. A entrada no parque também foi fácil, pois não pegamos fila para comprar os ingressos. 

Nossa segunda parada foi no Parque Nacional do Iguaçu, que fica quase em frente ao Parque das Aves - dá para ir a pé de um para o outro.
Ao chegarmos na bilheteria, nos deparamos com uma fila enorme para comprar as entradas, mas como estávamos com a agência de turismo, não precisamos enfrentá-la. De lá pegamos o ônibus que nos levou até a entrada da trilha que levava às cataratas. Os ônibus são gratuitos, ou seja, quando você compra a entrada, ganha o direito de utilizá-los. Eles circulam por toda a extensão do parque e vão parando nos diversos pontos de interesse.

Descemos perto da trilha que leva à passarela e descemos o caminho tirando fotos e apreciando a vista. Leve uma capa de chuva e sapatos que sequem com facilidade, porque você vai ficar molhado. Repelente também é aconselhável. Você vai encontrar esses produtos com vendedores ambulantes na porta dos parque ou nas lojas oficiais dentro dele, mas é claro que se trouxer de casa, vai economizar um bom dinheiro.
Depois de um ótimo passeio, seguimos até o ponto mais extremo do parque para comer alguma coisa nas lanchonetes espalhadas pela praça de alimentação que fica ali. Foi um momento de relaxar e apreciar um pouco mais a paisagem. Cuidado com os Quatis, eles são fofos, mas podem tentar roubar a sua comida e te morder. 
Resultado de imagem para triplice fronteira argentina
Depois de comer e descansar, seguimos para a parada que nos levaria ao Macuco Safari. Foi uma experiência muito legal. Tem um preço um pouco salgado e o passeio é relativamente rápido, mas vale super a pena. Apesar de termos pegado as cataratas com uma vazão 4 vezes maior que a normal, por causa do período de chuvas, conseguimos chegar bem perto das quedas d`água. Gostei porque me senti segura. O piloto faz algumas manobras para deixar o passeio emocionante e tenta chegar muito perto da catarata, mas sempre pensando na segurança. 
Macuco Safari - Foz do Iguaçú 11

Não fiz este mesmo passeio do lado Argentino, pois quando fomos estava fechado. Ouvi dizer que os pilotos são mais radicais, o que é bom para quem gosta de adrenalina. Mas houve pelo menos um acidente com morte no passeio deles. Cada um tem um gosto, mas eu achei que o Macuco do lado Brasileiro foi com emoção suficiente, rsrsrs.
Barquinhos do Macuco Safari indo em direção às Cataratas

Antes de voltarmos para o hotel, paramos na Churrascaria La Cabanã (antiga Pallazo). Ela foi muito bem recomendada pelo guia, mas não agradou muito. O ambiente é agradável, o atendimento é bom, mas as carnes deixaram a desejar. Não sei se pelo fato de termos chegado muito cedo e o restaurante ainda estar vazio, ou se pela expectativa por estarmos tão próximos à Argentina e ao Rio Grande do Sul. O fato é que saímos de lá um pouco decepcionados. Esta churrascaria nos foi recomendada mais de uma vez pelos diversos guias e motoristas que pegamos, porém um destes motoristas nos confessou que nunca indicava o El Quincho del Tio Querido (um dos melhores restaurantes que fomos) na Argentina, porque o dono não dá nada pela indicação. Então, além de pedir indicações, procure sempre nos sites comentários de clientes, assim você terá uma opinião mais imparcial. Fica a dica. 
Resultado de imagem para churrascaria la cabana fo

3º Dia - Passeio em Ciudad Del Est/Paraguay e Puerto Iguassu/Argentina 

No nosso terceiro dia em Foz do Iguaçu, deixamos um pouco a empresa de turismo e contratamos por conta própria um motorista, para nos levar ao Paraguay e à Argentina. 
Seguimos bem cedo para Ciudad del Est para conhecer o tão famoso comércio da cidade. Fomos ao Monalisa, que é uma loja de departamento que vende artigos de luxo. Claro que com o dólar nas alturas, não valeu a pena comprar nada. De lá seguimos pelas ruas caóticas da cidade, mas andamos apenas o suficiente para conhecer um pouquinho e comprarmos umas quinquilharias chinesas. Sinceramente, achei legal para conhecer, mas não é nada imperdível.

De lá fomos direto para a Argentina. Como já estávamos famintos, nossa primeira parada foi no restaurante El Quincho del Tio Querido. Comemos uma parrillada maravilhosa. A carne argentina realmente é diferenciada. O restaurante tem um ambiente agradável, com uma decoração rustica e o atendimento foi ótimo. Bem em frente a ele tem uma loja de bebidas, para quem quiser levar para casa alguns vinhos argentinos.

De lá seguimos para a o marco da tríplice fronteira. Fomos no lado argentino, que é bobinho, mas interessante. Não fomos no marco do lado Brasileiro, mas parece que trem um projeto que incluirá, futuramente, até um centro de convenções. 



De lá fomos ao Ice Bar. Chegando lá, compramos os ingressos e fomos para uma sala de espera para vestirmos as roupas que nos protegeriam do frio, uma jaqueta com capuz e luvas. Esta sala, já tem uma temperatura mais baixa, em torno de 20ºC para os visitantes irem se acostumando com o clima dentro do Ice Bar.
Dentro do Bar, a temperatura é de -10ºC. Tudo é feito de gelo, até os copos onde são servidos drinks e cervejas num sistema all inclusive. Não há lugares para sentar, mas eles tocam musicas animadas para o pessoas dançar. O tempo de permanência é de 30 minutos e enquanto estiver lá, poderá beber à vontade os drinques preparados pelo Barman, mas não espere grandes coisas, até a cerveja não é das melhores. Mas valeu demais a experiência, principalmente se você estiver com uma turma de amigos, como foi o meu caso. Os 30 minutos são mais do que suficientes para curtit o local. Não se esqueça de ir de calça e sapato fechado, pois eles emprestam apenas casaco e luva.





À noite fomos jantar no Restaurante Laos, que ficava bem ao lado do nosso hotel. Gostei muito. A comida estava ótima e a decoração é muito bonita.
Resultado de imagem para restaurante laos foz do iguacu
4º Dia - Hidrelétrica de Itaipú
  Nesse dia, optamos por passar a manhã descansando no hotel e fazer apenas um passeio à tarde. 
O passeio para Itaipú estava incluído no pacote que compramos da agência de turismo, porém só incluía o translado para a visita panorâmica - tinha que ser pela manhã e só esperava duas horas. Como eu e meu marido somos engenheiros e queríamos fazer o passeio que entra dentro das instalações da Hidrelétrica, marcado pára a tarde e com duração de 4 horas, tivemos que pegar um taxi. Esta é uma das razões que eu quase nunca viajo com pacotes pré-montados - você tem sempre que seguir o que é mais interessante para a operadora e não o que é melhor para você. Então apesar de já estar incluído - ou seja pago, porque não há nada de graça - tivemos que desembolsar um bom dinheiro para contratar outro transporte.



O passeio começa com a visita panorâmica pela área da Hidrelétrica. Fomos a dois mirantes para ver de frente as comportas da barragem. Como a vazão estava super alta, tivemos o privilégio de ver várias delas abertas - uma imagem impressionante. Depois seguimos conhecendo o interior da usina, suas salas de comando e turbinas. Muito legal.
5º Dia - Cataratas do lado Argentino

Quando estava pesquisando sobre minha viagem, vi muitos comentários comparando o lado argentino e o lado brasileiro das cataratas. Alguns preferiram o brasileiro e outros o argentino. Mas a verdade é que são dois passeios bem diferentes e ambos muito legais. No Brasil há mais infraestrutura, há transporte incluído nos lindos ônibus logomarcados, e a vista é linda, pois vemos as quedas d´água bem de frente. Já o lado argentino, para chegar às cataratas,  você terá que fazer longas caminhadas pelas diversas trilhas disponíveis. A vantagem é que o contato com a natureza e muito maior além de se ver as cataratas bem de pertinho, já que a maioria delas fica do lado argentino. Na minha opinião, a não ser que você não tenha tempo ou tenha alguma dificuldade de locomoção, tem que conhecer as duas, pois são experiências muito diferentes


Nós fizemos as caminhadas das trilhas azul e laranja/rosa e ficamos acabados, por isso se quiser conhecer tudinho aconselho dividir a visita ao lado argentino em dois dias. Eles, inclusive, dão desconto para que quer visitar o parque em dois dias.

Nos trechos mais longos, como o assinalado em laranja no mapa, há o transporte por um trenzinho. Tem que enfrentar uma fila, mas vale a pena.
Resultado de imagem para restaurante laos foz do iguacu

6º Dia - Mesquita e Templo Budista

No nosso último dia em Foz, contratamos uma van que nos levou para fazer um city tour. A primeira parada foi para visitar uma mesquita. A cidade tem uma colônia árabe muito grande e por isto a mesquita é um dos pontos de interesse da cidade.
Mesquita Foz do Iguacu


De lá passamos de carro pela construção da Catedral de Nossa Senhora de Guadalupe, que é linda, mas ainda está em construção. Acabamos nem tirando foto. E finalmente, fomos ao templo budista. Este realmente foi o ponto alto do passeio



O templo é realmente lindo. Ele fica em um terreno enorme e tem várias estátuas espalhadas pelo local.

Nosso último programa, em Foz do Iguaçu, foi um jantar na Tratoria La Máfia. Além de ter uma comida deliciosa, o restaurante é muito diferente. Eles têm um serviço gratuito de transfer do hotel até o restaurante e o motorista ainda te busca vestido de mafioso. Os garçons e garçonetes também ficam vestidos a caráter. A ambientação do restaurante é muito legal e eles ainda dispõem de uma sala com diversas fantasias para você se divertir. Adorei.


No dia seguinte, pegamos o vôo de volta para BH - Amei Foz do Iguaçu!!!
SHARE:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Blogger Template Created by pipdig